Boas Práticas de E-mail Marketing Que Você Precisa Implementar Hoje

A introdução ao email marketing é, como em qualquer outra coisa, difícil no começo.

Você aprende os meandros à medida que avança e tem uma compreensão dos desafios únicos que enfrentará quando se trata de gerar leads em seu nicho.

Você sabe que não precisa apenas fazê-lo bem, mas que precisa fazê-lo da maneira certa.




Para facilitar tudo, criamos uma lista boas práticas de email marketing que você deve aplicar para ter sucesso em 2020!

Estabeleça uma Frequência Para Suas Mensagens

Um dos desafios mais difíceis que os profissionais de marketing enfrentam é a frequência de correspondência.

Em geral, você  verá que a maioria dos profissionais não sabe quando e quanto deve enviar de e-mail a seus contatos.

Eles enviam e-mails muitas vezes por semana ou enviam apenas alguns e-mails por mês, e nenhuma abordagem funciona.

Se você deseja estar no topo, aumentar as taxas de abertura e aprimorar outras métricas relevantes que incluem taxas de cliques e retorno do investimento, uma das  boas práticas de email marketing é enviar um e-mail aos seus assinantes de duas a três vezes por semana.

Uma frequência mais baixa resultará em menor retenção de clientes e menor pontuação de remetente, enquanto uma frequência mais alta pode resultar em menor envolvimento, desativação e menor visibilidade da caixa de entrada.




Veja Também: Guia Completo e Definitivo Sobre E-mail Marketing

Fique Atento a Taxa de Entrega

A capacidade de entrega é definida principalmente pela chegada da maioria dos emails na caixa de entrada do usuário, mas o fator mais importante que afeta a capacidade de entrega é o de usuários abrindo seus emails.

Se os usuários não abrirem seus e-mails e se não interagirem com o conteúdo dos seus e-mails, eles serão filtrados para a pasta de spam.

Falamos sobre maneiras de melhorar suas taxas de abertura e taxas de cliques, mas melhorar a capacidade de entrega vai além disso.

Existem opções de design que também afetam a capacidade de entrega, especialmente aquelas que colocam seus e-mails em risco de penalização por entidades que pontuam spammers, como o Google.

As coisas que você precisa corrigir para melhorar a capacidade de entrega incluem

  • Taxas de rejeição.
  • Taxas de cancelamento de assinatura.
  • Permissões
  • Uso de linhas de assunto genéricas 
  • links mascarados, usando mais imagens que texto.
  • HTML formatado incorretamente e fontes grandes.

Não Abuse dos Jargões

Os provedores de serviços da Internet estão cada vez mais vigilantes sobre o conteúdo dos emails.

Se o conteúdo de um email contiver sequências de palavras que parecem ser agressivamente promocionais, os emails desse remetente começarão a ser filtrados para a pasta de spam.

As palavras que podem acionar alertas de spam incluem as que são comumente usadas no email marketing. Os filtros de spam segmentam principalmente as seguintes palavras:

  •  Grátis
  •  Compre agora
  • Oferta ou Grande Oferta
  • Tempo Limitado
  • Palavras relacionadas a namoro e nichos médicos

Isso não significa que você deve evitar o uso dessas palavras, o que seria impossível.

Tudo o que você precisa fazer é usá-los escassamente.

Não os coloque na mesma mensagem e, principalmente, tente não usá-los nas linhas de assunto!

Abandone o e-mail de “não responda”

Um dos costumes mais antigos no email marketing é adicionar uma mensagem de “não responda” ao final de um email para informar ao usuário que ele não receberá uma resposta se responder a esse email.




Existem empresas que chegam ao ponto de usar “sem resposta” como endereço de e-mail!

Mas este é um costume antigo que é exatamente isso: antigo.

Na era das mídias sociais e das mensagens instantâneas, uma era em que você perde um cliente se não responder a uma pergunta dentro de uma hora, usar um endereço ou mensagem sem resposta é uma prática ruim.

Adicionar um aviso de não responda a um email ou usar um endereço de resposta reduz o engajamento, pois impede o usuário de dar feedback ou pedir suporte. Até coloca você em risco de perder um cliente para a concorrência!

Uma boa prática de email marketing é simplesmente evitar adicionar o aviso de não resposta ou usar o endereço de não resposta.

Se o usuário responder à sua mensagem, você pode simplesmente enviar uma resposta do seu endereço de suporte ao cliente. Isso com certeza faz parte das boas práticas de email marketing e você pode usar e abusar.

Dica: Muitas vezes você não checa sua caixa de email comercial e acaba perdendo interações importantes. Se seu servidor permitir redirecione os emails da sua empresa para um email que você abre constantemente, como o pessoal. Assim você saberá quando tiver mensagens de clientes e ira responder a tempo.

Use o Double Opt In

Você acha que pedir a um assinante que confirme sua assinatura seria uma prática ruim, mas isso pode realmente ajudá-lo a criar listas melhores.

O motivo é simples. Quando você solicita que um assinante confirme a assinatura clicando em um link de confirmação enviado para o endereço de e-mail dele, solicita que ele confirme.

Se o assinante reservar um tempo para confirmar, isso significa que ele realmente deseja permanecer na sua lista de contatos.

Se o assinante não se incomodar em confirmar, isso significa que eles não estão comprometidos o suficiente para ingressar na sua lista, portanto, não é provável que se tornem clientes.

Essas boas prática de email marketing também ajudará você a investir seus melhores recursos nos leads certos.

 

Tags:

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *