Análise de Concorrentes no Marketing: Saiba Como e Quando Fazer

O mercado é um ambiente extremamente competitivo para a maioria das empresas.

A qualidade do serviço e diferenciais, é o que irão decidir qual será a mais bem sucedida atraindo mais clientes e garantindo um retorno maior. 

Mas para se tornar a melhor no ramo, é preciso uma estratégia de marketing. É preciso realizar uma análise de concorrentes, coletando informações dos fatores internos e externos que possam prejudicar ou ajudar a sua empresa. 

A análise de concorrência permite que a sua empresa tenha um visão geral do cenário, avaliando concorrentes diretos e indiretos, comportamento da empresa e dos clientes, estratégias utilizadas, etc. 

Esse departamento é fundamental para captar mais clientes, além de fazer com que eles se fidelizem com a marca ou a sua proposta de valor. 

Diante das mudanças de cenário é preciso utilizar de técnicas para ter mais assertividade nos dados coletados. 

Porém, o que é e como funciona uma análise de concorrência? Quais são as vantagens? E como fazer? 

Neste artigo iremos mostrar a importância da análise de concorrentes, quais ferramentas podem lhe ajudar a encontrar oportunidades e como você deverá agir. Boa leitura!

O que é análise da concorrência?

análise de concorrentes

A análise de concorrência é uma das principais armas para compreender a situação quando se refere ao seu posicionamento dentro do mercado, ou seja, perante seus concorrentes.

Essa ferramenta de análise permite identificar certas necessidades de melhorias e criar um funil de vendas,para aumentar a assertividade das ações de marketing. 

Isso porque, esses serviços ajudam que a empresa conheça os principais pontos de seus concorrentes, como características, deficiências e qualidades. Além disso, será possível também ver brechas e arestas que podem ser moldadas dentro da estrutura interna própria. 

Em outras palavras, este procedimento ajuda com que a empresa consiga ver pontos a serem mudados e, assim melhorados internamente e também contribui para que pontos de vantagem, que já existem e que possam ser explorados, potencializados incentivados e replicados. 

A análise pode ser feita de diversas formas e aspectos. Isso porque, uma empresa abrange muitas coisas, logo, são vários os caminhos que se pode ser explorados para se chegar a um resultado. 

Por exemplo, temos análises de logística, chatbots, tipo de produto e o mais comum, de preços. Mas, podemos focar somente em estratégias de marketing, que é o que este artigo irá abordar com mais detalhes.  

Existem algumas perguntas que podem ser usadas como base na hora de se aplicar uma boa análise a sua concorrência. 

Isto porque a resposta delas irá fornecer dados e informações valiosas e que dizem muito sobre as estratégias que o concorrente está traçando dentro do campo do marketing. 

Como exemplo de perguntas temos: “O que atrai os clientes dos meus concorrentes e o que eles fazem de melhor para isso?”, “Por qual razão os clientes do mercado em que atuo estão preferindo o concorrente em vez da minha empresa?”, “Onde estão as oportunidades de mercado e será que meus concorrentes estão aproveitando?”.

Essas perguntas são respondidas apenas após uma boa e completa análise de concorrência. Resumindo, quando se conhece a estratégia de marketing do seu concorrente, você terá a capacidade de analisar onde a sua é superior e onde ainda é falha.

Aliás, além do funil de vendas tradicional, você também pode adotar o micro funil de vendas.

Com essas informações em mãos, será possível decidir melhor sobre mudanças na estratégia de marketing com muito mais segurança e assertividade. 

Quais as vantagens de conhecer a concorrência? 

Agora que você sabe o que é uma análise de concorrência, é preciso saber com mais detalhes o porque ela é tão importante para o mercado tão competitivo de hoje em dia. 

Primeiro, é preciso fazer uma auto-análise e se perguntar se você tem conhecimento de quem são seus principais concorrentes dentro do mercado de atuação. 

Um dono de empresa que não possui esta exata noção de quem são seus concorrentes principais concorrentes e também o que os difere quando se fala de negócio, provavelmente ele precisa urgentemente realizar uma análise de concorrência. 

Quando se realiza uma análise e concorrência, você está se permitindo mapear todas as empresas que disputam clientes com você e que influenciam diretamente nos resultados do seu negócio.


Visualize a seguinte frase em sua cabeça: “Quando um cliente pensa e precisa adquirir um produto, um que sua empresa venda, ele vai lembrar dela ou ir atrás de algum concorrente?”. 

Se você chegou a conclusão que o cliente pensa em uma outra empresa, é necessário então que se estude os concorrentes, pois assim você conseguirá conhecimentos e assim terá como repensar a estratégia de marketing que será adotada. 

Caso você tenha pensado que ele procura a sua empresa, bacana. Porém não é essa condição que irá lhe acomodar, e também estude estratégias adotadas por empresas que estão abaixo de você.

Isso porque com certeza você irá descobrir que o caminho deles pode estar levando a uma aposta de algo absolutamente novo e que pode render bons frutos, atraindo mais clientes. E, tendo essa informação antes, sua empresa terá a capacidade de se inovar e preparar para conseguir manter à frente. 

Nos dois casos, seja atrás ou à frente da concorrência, é de suma importância que se realize uma boa análise de todas as estratégias de marketing que estão sendo traçadas pelos concorrente.

Se caso esteja a frente deles, é hora de estudá-los e entender o que estão fazendo para lhe superar, e assim, preparar ações que irão lhe ajudar a se manter em sua posição, ou seja, que você continue na cabeça e nos pensamentos dos clientes.

E, caso esteja abaixo, é o momento de estudar as estratégias para saber aonde que o concorrente está acertando, e assim explorar estas características e fazer com que sua empresa chegue mais alto possível. 

Como fazer uma análise do concorrente? 

Para se desenvolver uma boa análise de concorrência é necessário basicamente entender o que seus concorrentes estão fazendo para conseguir clientes, além de analisar seus resultados. 

Uma análise de concorrência pode ser feita seguindo apenas três passos simples e que são muito efetivos. Veja a seguir quais são eles: 

Definir quem são os concorrentes

É um tanto quanto óbvio, você só poderá analisar seus concorrentes quando tiver a noção de quem são eles. Grande parte dos empreendedores já sabem quem são seus concorrentes de cór. 

Mas, neste caso será muito importante segmentar ainda mais os concorrentes, seja avaliando a localização, faixa de preço e etc.

Com estes dados, pode-se então mapear quem são os concorrentes com maior potencial de ameaça, ou seja, são seus concorrentes direto. 

Mapeamento de todas as estratégias

Agora é necessário saber mesmo como analisar seu concorrente. Primeiramente, veja quais são as estratégias que fazem parte dos planos de ações deles. 

Descubra se eles apostam em conteúdo, se inscreva na lista de email marketing dos seus concorrentes, para saber o que eles fazem, analise a quantidade de anúncios pagos, o tamanho do alcance orgânico via backlinks deles e quais os produtos e temas que mais geram acesso. 

O importante é mensurar a eficiência da sua campanha de email marketing para criar hipóteses e realizar testes que aumentem a sua conversão.

Veja também o que traz resultado e o que não, assim você consegue meios de que seu marketing se diferencie dos concorrentes. 

Veja e destaque ações que o concorrente consegue superar você 

Depois de ter todo o mapeamento das ações das empresas, veja e pontue as suas ações de marketing, e assim avalie quais práticas e pontos estarão acima de todas as estratégias que sua empresa vêm tomando. 

Com essa análise, você conseguirá conhecer melhor onde precisa melhorar. Veja as ações que mais são relevantes ao seu tipo de negócio, e tente igualar ou até superá-la neste aspecto. 

Podemos por como exemplo os serviços de backlinks que uma empresa pode estar fazendo para aumentar assim o seu alcance orgânico. 

Conclusão

Conclui-se então, que realizar uma análise de concorrência é fundamental nos dias de hoje. Isso porque ela ajuda a empresa em questão enxergar mais quais os pontos que precisam ser melhorados e que podem mudar. 

Logo, com essa visão mais ampla do que a concorrência está fazendo para atingir bons resultados, é criado um norte para se aplicar estratégias e ações mais otimizadas e focadas no resultado. 

Também é claro que realizar este serviço não é tão complicado como se aparenta. Não é preciso muito conhecimento técnico ou verba para se aplicá-lo. Basta apenas parar e entender quais os movimentos da concorrência.

 Por fim, é notório que, independente se a empresa está bem ou não, aplicar este método periodicamente irá acarretar em grandes benefícios e tomadas de decisões que irão ajudar a angariar mais resultados e também mais clientes para o seu negócio.

Por isso, é hora de pôr a mão na massa e começar a sair na frente de seus concorrentes hoje mesmo. 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *